Nível B2

A Velha Chica - Música angolana de Waldemar Bastos com Dulce Pontes para conhecer um pouco da realidade cultural do país.

VELHA CHICA

Waldemar Bastos e Dulce Pontes

Antigamente a velha Chica
_______________________________________

e lá pela tarde ela lavava a roupa
do patrão importante;
e nós os ______________________________________
perguntávamos à vóvó Chica
qual era ________________________________________,
daquele nosso sofrimento.
Xé menino, não fala política,
não fala política, não fala política.

Mas a velha Chica ________________________________________,
ela sabia, mas não dizia a razão daquele sofrimento.
Xé menino, não fala política,
não fala política, não fala política.

E o tempo passou e a velha Chica, _____________________________.
Ela somente fez uma kubata com teto de zinco, com teto de zinco.
Xé menino, não fala política, não fala política.

Mas _____________________________.
o rosto daquela senhora, daquela senhora,
só vê _____________________________., do sofrimento, do sofrimento!
Xé menino, não fala política,
não fala política, não fala política.
E ela agora só diz:
“- Xé menino, _____________________________., quero ver Angola viver em paz!
Xé menino, _____________________________., quero ver Angola e o Mundo em paz!”

Um texto, para debate nas aulas sobre os estereótipos. Começamos com este exemplo sobre o típico "Tuga".

sertuga.pdf

Áudio e perguntas sobre Pepetela - Um autor angolano.

Pepetela é o _______________________________ de Artur Carlos Maurício Pestana dos Santos. É um angolano nascido em Benguela, em 1941. É descendente de uma família _______________________________, no entanto, os seus pais já tinham nascido em Angola.

Fez o ensino primário em Benguela e depois foi para o Lubango fazer o ensino secundário. Mais tarde foi para Lisboa onde estudou _______________________________ durante dois anos. Depois mudou de curso e _______________________________ em Letras ainda que só durante um ano.

Em 1961, Pepetela optou pela política e mudou o _______________________________ da sua vida. Também esta opção ficou _______________________________ na sua obra, a qual reflete a história _______________________________ de Angola e os problemas que a sociedade angola enfrenta. Tornou-se militante do MPLA (Movimento Popular de Libertação de Angola) para libertação da sua terra natal. Mais tarde, quando abandonou a vida política, decidiu optar pela carreira de _______________________________ da faculdade de Arquitetura de Luanda e foi aí que deu aulas de sociologia.

Embora nunca tenha deixado de dar aulas, é à escritura que se entrega com uma enorme paixão. Daí que tenha uma vasta obra publicada: Muana Puó (romance); Mayombe (romance); As Aventuras de Ngunga (romance); A Corda (peça de teatro);  A Revolta da Casa dos Ídolos (peça de teatro); O Cão e os Caluandas (romance); Yaka (romance); A Gloriosa Família (romance); O tempo dos Flamingos (romance); O Desejo de Kianda (romance); Parábola do Cágado Velho (romance); A Montanha da Água Lilás – Fábula para todas as Idades (romance) e Jaime Bunda – O Agente Secreto (romance).

In, Português Atual 3 – Lidel Ed. 

Um exercício com expressões angolanas e portuguesas e um pouco de revisão gramatical para começar o ano.

TPC_vocabulario_e_gramatica.pdf

Teste da Visão com resultados divertidos sobre a personalidade de cada um e a época a que pertence.

Teste.pdf

Compreensão Auditiva e tarefas

Domótica.pdf

 

Um excerto do livro "Explicação dos Pássaros" de Lobo Antunes para trabalhar o vocabulário da casa.

Subcategorías